quarta-feira, 13 de maio de 2009

Eu Agradeço - Roberto Wolvie

A Jorge Ben por mostrar a poesia da vida.
A Gil por ser amigo íntimo das palavras
E a Guimarães por libertá-las.
Eu agradeço a Cartola por colocar o mundo na caixa de fósforo,
A Chico por ser seu confidente
E a Clarice por ela ser tão mulher.

A Simão, Pedro, Paulo, Judas, Tiagos, Mateus, João, André, Tadeu, Felipe e Bartolomeu por serem os primeiros a acreditar no amigo.
Por ser maior que as regras da vida, a Silvio.
Por resistir a cada golpe do pessimismo, a Ali.
Por carregar o mundo nas costas, ao homem da carroça.
Agradeço de todo o coração ao cachorro na estrada no Chile
Ao chinês que parou a máquina
E também a quem não perdeu a ternura.

Eu agradeço ao primeiro louco e ao último são.
Eu agradeço aos piscianos por serem puros
E agradeço aos puros por não dependerem de religião.

A Luiz Inacio por ter tido a coragem.
A Christopher por ter voado de verdade,
E ao Dalai, por ser.
Eu agradeço ao pai pela gentileza e pela força
E à mãe pela decisão e pelo sacrificar.

Agradeço aos que leem, aos que ouvem e aos que querem comentar.
E agradeço quem se aproxima , pelo tempo que for, e faz parte da minha vida.

(e eu agradeço por ter amigos que escrevem bem pra caralho, clique para ir no blog do Roberto)


5 comentários:

Anônimo disse...

buniiiiiiiiito

Lady Lu disse...

Lindo poema :) maravilhoso!!
Pai Tomás, obrigada pela visita no Jaca de Pantufas.
Beijão da fã de carteirinha e moradora da Cabana do Pai.
Luciene (Lady Lu)

Roberto Wolvie disse...

Mestre, isto que fizeste é uma homenagem e tanto. Estar entre os gigantes da música, que presente.
Grande abraço.

paitomas disse...

graaaande professor, escreva mais e nos presenteie sempre com suas sábias palavras.
Valeu!

Anônimo disse...

muito agradecida.